segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

A menina e seu primeiro pote de leite

Certa vez, uma menina que morava no interior de uma cidade resolveu pensar no futuro:
- O que eu vou fazer com apenas uma vaquinha, e ainda por cima sem dá leite?
Com o passa do tempo, a pequena vaquinha virou uma vaca gorda , então deu seu primeiro pote de leite . E lá foi a menina vender o produto.
- Ah! Meu primeiro pote de leite, irei vendê-lo e comprar ração para a vaca produzir cada vez mais, assim venderei o leite, e com o dinheiro irei comprar doze galinhas que irão botar meia dúzia de ovos por dia. Depois, comprarei dois galos, dois bodes e com o passar do tempo, duas ovelhas...
A menina já estava bem distraída, pensando tanta coisa, quando de repente, viu uma cobra e gritou:
- Ah, Ah, Ah...
E, caiu derramando todo o leite.
- já foram embora todos os meus planos para o futuro. Disse a menina.



MORAL: QUEM MUITO QUER NADA CONSEGUE.


ANTONIO EDIWILLIAM BATISTA PEREIRA
8º ano A
27 /11/2007

14 comentários:

Nones disse...

Muito linda!
E a moral é uma grande verdade:
Quem tudo quer, nada consegue.
A menina desejou demais e nada conseguiu

Beatriz Segur disse...

gostei muito

Enrick Menezes disse...

mandado essa fabula

Anabela Fonseca disse...

muito bom 1000 likes

julianna disse...

ótima fábula!!! muito criativa

jonathan pitbul Alexandre disse...

Gostei não.muita invenção pra moral de ensinar

Victória Anne Santos disse...

isso e decente-

Unknown disse...

que visão pessimista essa daí, ela deveria retornar e começar dnv, pq cada derrota é uma nova chance de recomeçar com mais experiência, e não simplesmente desistir de tudo.

eduarda nunes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
maria do socorro oliveira neves disse...

minha filia copio essa fabula para trabalho de escola achei muito interesante e educativa........

maria do socorro oliveira neves disse...

achei otima....

FRACISCA SOUSA DO CARMO disse...

ADOREI MUITO😀😀😀

sonia ferrari disse...

Perfeito.
Essa poderia ser a moral da historia, mesmo com os tombos que a vida dá, nunca desistir.

sonia ferrari disse...

Perfeito.
Essa poderia ser a moral da historia, mesmo com os tombos que a vida dá, nunca desistir.